Texto de Abrahão Crispim Filho

O Brasil participou de 22 edições dos Jogos Olímpicos modernos (no total temos 28 edições). Apesar disso nunca logrou formar e estabelecer uma tradição olímpica. Sempre teve participações, em termos de medalhas, que variaram entre a nulidade – em 03 edições – e um desempenho irrisório ou, sendo gentil, regular. A melhor participação em termos de medalhas de ouro ocorreu nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004 (05 medalhas). A melhor participação em termos de total de medalhas ocorreu nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012 (17 medalhas). A melhor participação em termos de colocação geral ocorreu nos Jogos Olímpicos da Antuérpia em 1920 (15º lugar).

A verdade é que com a notável exceção de Cuba a América Latina – Brasil incluso, obviamente – não tem tradição nos Jogos Olímpicos. Os Jogos Olímpicos tem uma feição norte-americana, europeia e asiática desde sempre. Não sei exatamente como o Brasil poderia sair da sua inafastável apatia olímpica. Me parece que somos um país apartado do mundo, ensimesmado e com medo de se abrir para a competição e os olhares dos outros países. Ao contrário do que reza a lenda, vejo o Brasil como um país que historicamente sempre teve vergonha de si próprio.


R7 TORPEDO - DE OLHO NA MÍDIA
Gostou disso? Compartilhe!