D redação

Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe realiza encontro no México nesta semana

© Fornecida por divulgação / JOSÉ MARINHO, DIRETOR DA RCD, DESTACA PAPEL DA TECNOLOGIA NAS CIDADES E CRESCIMENTO ECONÔMICO DE EMPRESAS

A Rede Cidade Digital (RCD) é uma das iniciativas brasileiras convidadas para o Seminário “América Latina e Europa ante a disrupção tecnológica: uma nova era de políticas e instituições para as MPME”, promovido pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) em conjunto com a União Europeia, nos dias 10 e 11 de outubro, na Cidade do México.

O diretor da RCD, José Marinho, participa de um painel no qual compartilha as experiências brasileiras no contexto das cidades inteligentes, com ênfase nas micro, pequenas e médias empresas, foco do evento. Para ele, “será a oportunidade de levar a percepção do trabalho realizado pela RCD em relação ao uso da tecnologia nos pequenos e médios municípios e os impactos no desenvolvimento local”.

De acordo com a organização do evento, esta revolução digital está mudando radicalmente os processos de produção e os padrões de consumo, forçando as empresas a redefinirem suas estratégias competitivas e modelos de negócios, e os governos para atualizar suas políticas de desenvolvimento.

O Seminário, que reúne representantes de diversos países da América Latina e Europa, integra a agenda de encontros internacionais para discutir estratégias de apoio às micro, pequenas e médias empresas (MPME) da região, no âmbito do projeto Euromipyme, executado pelo organismo regional das Nações Unidas e pela União Europeia. “O encontro é oportuno neste momento também para conhecer modelos que podem ser inspiradores para as nossas cidades”, completa Marinho.

Cidades Digitais – Em 2017, a RCD já realizou até o momento, em parceria com Prefeituras e Associações de Municípios, 10 fóruns regionais e dois congressos de cidades digitais, reunindo ao todo gestores de quase 500 municípios, de cinco estados (PR, SP, SC, RS e MG), interessados em trocar informações e conhecer soluções visando o aprimoramento dos serviços públicos.

Neste mês a iniciativa promove o primeiro evento no Nordeste do país, por meio de parceria com a Prefeitura de Salvador e direcionado para prefeitos, gestores e vereadores da Bahia. O I Fórum de Cidades Digitais da Região Metropolitana de Salvador está marcado para o dia 19 de outubro, na capital do Estado, e representantes de 30 localidades já estão inscritos.

Marinho atribui o grande interesse pela demanda dos dias atuais, de cidadãos cada vez mais conectados e administrações públicas trabalhando ainda no processo analógico e burocrático. “São eventos gratuitos para servidores públicos e realizados onde há o interesse de Prefeituras e Associações de Municípios em fomentar o tema entre os municípios da região. Além de facilitar a vida da população, a informatização da gestão reduz custos e gera mais eficiência. E não existe outro caminho para transformar esse cenário”, afirma o diretor da RCD.

Para o diretor da RCD, as empresas locais de internet também têm papel fundamental para fornecer conectividade onde não há interesse das grandes operadoras. “É um mercado em potencial para se investir e gerar soluções, já que 80% das cidades brasileiras têm menos de 20 mil habitantes. Além disso, as cidades digitais possibilitam um ambiente de interação e o surgimento de ações na promoção do desenvolvimento local nos mais variados segmentos da sociedade”.

“Tecnologia acelerando o desenvolvimento local” é o tema do 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, que será realizado em novembro, dias 23 e 24, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, através de uma parceria entre a RCD e a Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais. Informações e inscrições pelo http://redecidadedigital.com.br


 

R7 TORPEDO - DE OLHO NA MÍDIA
Gostou disso? Compartilhe!