Publieditorial

‘Todos estão muito ansiosos por este momento mágico em nossas vidas’, conta a diretora do grupo, Marialva Machado, que embarca para o programa – representado pela Qualité Turismo no Brasil – no dia 19 de agosto.

Dançar fora do país é o sonho de muitos bailarinos brasileiros e está para se tornar realidade para o Grupo de Dança Orpheu, de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul.

A escola de dança embarca no dia 19 de agosto para Orlando, nos Estados Unidos, após ser selecionada no programa ‘Disney Performing Arts’, representado pela Qualité Turismo no Brasil, que já levou mais de 30 escolas de dançarinos daqui para se apresentarem nos palcos da Disney.

A diretora do grupo há mais de 31 anos, Marialva Machado, comemora a aprovação para representar o Brasil no programa e ressalta que a ansiedade dela e dos alunos é grande. “A expectativa está alta! Realmente é um sonho poder estar na Disney e principalmente dançar em um de seus palcos.

Quando soubemos da notícia dada pela Fabiana, da Qualité, há um ano, já começamos toda uma trajetória para alcançarmos este objetivo. Não foi fácil chegar até aqui e estar com as malas prontas. Muitos bailarinos queriam ir, mas somente um grupo com 20 dançarinos vão poder representar o Grupo de Dança Orpheu lá na Disney. Fizemos neste ano várias promoções para ajudar nos custos desta viagem. Todos estão muito ansioso por este momento mágico em nossas vidas”, diz ela.Esta será a primeira viagem internacional do grupo Orpheu, outro motivo de comemoração segundo Marialva: “Estaremos representando a nossa cidade São Leopoldo. Para os alunos, pais e familiares, é motivo de muita felicidade e também de ansiedade. Estamos aguardando nosso grande momento de pisarmos e dançarmos na Disney.”

Espetáculo inédito para a Disney

Marialva conta ainda que para se apresentar no Disney Springs, maior centro de entretenimento da Disney, o Grupo de Dança Orpheu preparou um espetáculo inédito. “Ele se chama Raízes. Preparamos exclusivamente para esta viagem, o que aumenta ainda mais nossa ansiedade. É muito bom poder realizar sonhos e a Qualité Turismo nos proporcionou isso. Fabiana, que é a diretora, e sua equipe, foram incansáveis em nos receber e nos atender neste sonho de forma tão gentil. Que venha a viagem!”

Sobre o Disney Performing Arts

Os bailarinos das escolas aprovadas para participar Performing Arts – no caso do Brasil a maioria entre 10 a 18 anos, apesar de não haver restrição de idade, adultos são muito bem-vindos – têm a chance de vivenciar a experiência de ser um artista da Disney. A empresa abre a pauta do palco principal do Disney Springs para que escolas do mundo inteiro possam dançar de 15 a 30 minutos. Em contrapartida, oferece workshops com os coreógrafos dos musicais. “Eles ficam nos hotéis Disney, vão nos parques e presenciam in loco o que aprenderam na sala de aula. Por exemplo, aprendem no workshop uma coreografia do rei Leao, depois a assistirão no musical apresentado no Animal Kingdom”, conta Fabiana

Em quatro anos, a Qualité já levou para o palco Disney mais de 30 escolas, desde corpos de baile de academias renomadas no cenário nacional, da Academia de Dança Vera Passos de Fortaleza – Ceará a Cia Livre de Dança da Comunidade da Rocinha do Rio de Janeiro.

Qualité Turismo

Com dez anos de atuação no mercado, a Qualité Turismo é uma empresa sediada na cidade do Rio de Janeiro que se diferencia do mercado por oferecer atendimento personalizado. Especializada em intercâmbio cultural e educacional, além da expertise em lazer e negócios, a Qualité  trabalha para transformar o sonho de seus clientes em realidade tendo como seu principal compromisso a qualidade.


 

R7 TORPEDO - DE OLHO NA MÍDIA
Gostou disso? Compartilhe!