Da redação


TRE condenou o parlamentar “do povo” por ter desviado recursos destinados a entidades filantrópicas

© Fornecida por divulgação

O repórter e deputado “do povo”, Adelson Barreto, será julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral na próxima semana.

A expectativa é que o julgamento ocorra entre os dias 13 e 14 de março. Adelson foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe (TRE/SE) no chamado “Caso das Subvenções da Assembleia Legislativa de Sergipe” por irregularidades no repasse a entidades filantrópicas.

De acordo com a acusação da Procuradoria Regional Eleitoral, R$ 400 mil de um total de R$ 600 mil de verba de subvenção de 2014, direcionadas por Adelson para duas entidades retornaram ao parlamentar. Ainda segundo a procuradoria, ele teria agido ativamente para montar um esquema de desvio de recursos, repassando as verbas a entidades de fachada ou sem estrutura previamente escolhidas e se apropriando dos recursos em seguida.

Houve quebra de sigilo telefônico e com a quebra de sigilo bancário foi possível confirmar as informações sobre os dias, horários e locais onde teriam acontecido a entrega do dinheiro para o deputado. Caso seja condenado no TSE, irá recorrer fora do mandato. Sem decisão do TSE, ele poderá se candidatar às eleições deste ano.


 

SERVIÇOSR7-PARCERIA-DEOLHONAMIDIA
Gostou disso? Compartilhe!