Morre o estilista e Artista Plástico de Maricá, ‘Di Bonilho’

Por De Olho Na Mídia | quarta-feira, jul 19, 2017 | 156 views

Por: Thiago de Menezes / thiagoturismo@deolhonamidia.com

Morreu aos 56 anos, nesta terça-feira, dia 18 de julho, o conhecido estilista e Artista Plástico de Maricá, RJ, Di Bonilho, que lutava há tempos contra um câncer.

O falecimento aconteceu no Hospital Municipal Conde Modesto Leal de Maricá. Além de intensa atuação como artista plástico premiado, em seus anos de TV já passou pelo sofá de Hebe Camargo no SBT produzindo um vestido de noiva de preservativos abalando o Brasil com sua criatividade e irreverência.

Na BAND comandou um programa com muito bom gosto e com a sua irreverência e humor debochado, sua marca registrada como apresentador, assim como na InterTV (TV Globo região dos Lagos) repetiu o sucesso através do Programa “Sedas e Alfinetadas”, tendo encerrado sua carreira ano passado, com uma breve volta a TV com o Programa Di Bonilho+, trazendo de volta o formato de sua revista eletrônica de artes, moda, cultura, dicas, atualidades, turismo, gastronomia, entrevistas com convidados e afins, com produção da jornalista Rosely Pellegrino. Ele foi, entre outros, o autor de interessante obra em óleo sobre tela, que retratava em estilo expressionista figurativo, o Mapa Territorial e Turístico do Município de Maricá, pelo qual era apaixonado.

Em novembro de 2015, o Centro de Artes e Esportes Unificados ‘Marco Antônio Cardoso Siqueira’ (CEU), na Mumbuca, recebeu a primeira edição do Salão de Belas Artes de Maricá, com apoio cultural da “Academia Brasileira de Belas Artes – ABBA” em conjunto com a “FALASP – Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo”. Desenvolvida pela Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia, a mostra reuniu então obras de diversos artistas do município e região, nas categorias de pintura, escultura, desenho e fotografia, em um dos salões do “CEU” homenageando “em memória” Marco Antônio Cardoso Siqueira, irmão do prefeito municipal na ocasião Washington Quaquá, que tem o seu nome no Centro de Artes e Esportes, e era incentivador da cultura, homenageando também em memória, seu amigo e artista plástico, Lincoln Lacroix Leivas, radicado em Maricá, que além de pintar Maricá, e mostrar as belezas do município para o mundo, desenhou inúmeras residências de luxo, que ainda hoje são admiradas, pelo estilo e bom gosto.

Na ocasião, os acadêmicos da ABBA, FALASP e ALAP foram ciceroneados pelo talento do artista plástico Di Bonilho, juntamente com a representante do Núcleo da FALASP em Maricá, desde 2008, Jornalista Rosely Pellegrino, editora do conhecido blog de notícias NOTICIÁRIO RJ e Produtora de Eventos Culturais, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura Ciência e Tecnologia de Maricá. Durante as premiações do evento, o artista Di Bonilho presenteou o presidente da FALASP Conde Thiago de Menezes, acadêmico Honoris Causa da “Academia Brasileira de Belas Artes – ABBA” com a obra ‘Bumba Meu Boi’, da coleção ‘Folclore Brasileiro’, de sua autoria. O momento, cujas fotos anexam essa matéria, contou ainda, com a presença e participação do presidente da “AIERJ – Associação de Imprensa do Estado do Rio de Janeiro”, jornalista e acadêmico Dr. André Cruz, que apoiou esse marcante momento cultural. Agora, não só a cidade de Maricá, RJ, mas entidades como ABBA, FALASP, AIERJ e ALAP, lamentam a morte prematura desse grande artista e empreendedor cultural e artístico.


 

R7 TORPEDO - DE OLHO NA MÍDIA
Gostou disso? Compartilhe!