Da redação

Internacional Meeting Moving Foward (HIPEC) ocorrerá nos dias 31 de março e 01 de abril, no Bahia Othon Palace Hotel, em Salvador

Dr. Cláudio / © Fornecido por divulgação

Um dos maiores desafios para a medicina é a cura do câncer. Em Salvador, nos dias 31 ​de março ​e 01 de ​abril, um encontro de especialistas mostrará que a evolução da medicina e da ciência para a prevenção, tratamento e cura do câncer vem dando novos significados para palavras que no passado frustravam pacientes e médicos

Quando diagnosticado com “metástase”, a sentença indicava que o câncer “espalhou”, deixando o seu foco original para invadir outros tecidos e órgãos, restando ao profissional pouco a fazer.

No Internacional Meeting Moving Foward (HIPEC), que acontece no Bahia Othon Palace Hotel, alguns dos mais renomados cirurgiões oncológicos de todo o mundo, que vão discutir, entre outras coisas, os métodos mais atuais e revolucionários para o tratamento do câncer, mesmo para estes pacientes.

Um dos temas que serão mais debatidos no Congresso, para o qual é esperado um público de 1,5 mil participantes, são as chamadas Cirurgias Citorredutoras com Quimioterapia Hipertérmica, utilizadas para o tratamento de metástases no peritônio, membrana que envolve os órgãos da cavidade abdominal.

O evento terá a participação de dez especialistas internacionais, referencias mundiais, inclusive o inventor desta técnica o Professor Paul Sugarbaker de Washington DC. Representantes de todos os centros brasileiros que realizam o tratamento das metástases Peritoneais com citorredução cirúrgica e HIPEC estarão presentes.

Essa técnica de citorredução cirúrgica com quimioterapia está disponível a população, mas poucas pessoas tem o conhecimento. Alguns pacientes do SUS conseguem esse tratamento por via judicial. O Ministério de Saúde recentemente criou um grupo de trabalho para estudar o tema e analisar quais os casos que o SUS irá cobrir o procedimento.

De acordo com o cirurgião oncológico Cláudio Quadros, um dos pioneiros desse método na Bahia e presidente do Congresso, a disseminação da doença para o peritônio ocorre quando o câncer já invadiu toda a parede do órgão onde se originou, causando a liberação de células cancerosas na cavidade abdominal. Segundo o médico, essas células cancerosas se alojam no peritônio e formam pequenos tumores malignos, que são as metástases para o peritônio. A doença é chamada de carcinomatose  ou sarcomatose, dependendo do tipo do câncer.

Este é um dos principais assuntos a ser abordado no primeiro Evento Latino Americano com o apoio da Peritoneal Surface Oncology Group International, Sociedade dedicada à disseminação de métodos modernos e eficazes de tratamento de doenças do peritônio. Cirurgiões Oncológicos, Oncologistas Clínicos, Anestesiologistas e Intensivistas terão acesso a conhecer mais o programa multidisciplinar. Serão apresentados protocolos com discussão das melhores indicações, técnicas cirúrgicas, esquemas de quimioterápicos e um tema fundamental que é o manejo intra e pós-operatório dos pacientes submetidos à citorredução com HIPEC.

​Serviço

Internacional Meeting Moving Foward (HIPEC)

Data: 31 ​de março e 01 de ​abril (Sexta – Feira e Sábado)
Local: Bahia Othon Palace Hotel – Salvador/BA
​​​Horários:
Dia 31/3 –   Das  8h ​ás 19h
​Dia 01/04 – Das 7:40 às 18h


 

 

R7 TORPEDO - DE OLHO NA MÍDIA
Gostou disso? Compartilhe!