Da redação

© Fornecido por divulgação

Já no começo do ano a chapa esquentou para o Palhaço Soneca, que também é vereador pelo (PPS), após tomar uma decisão contraia ao partido, e agora está sendo ameaçado de expulsão.

O presidente do PPS, Clóvis Silveira, considerou um ato de traição do  vereador eleito pelo povo Alexsandro da Conceição, pelo seu posicionamento na eleição para a presidência da Câmara Municipal de Aracaju. Clóvis Silveira afirma que houve descumprimento a uma orientação do partido, a qual recomendava votação ao vereador Vinicius Porto do DEM.

Soneca votou na chapa encabeçada por Nitinho Vitale (PSD). “Quem me elegeu foi o povo e não Clóvis Silveira! Tenho minhas convicções e naquele momento dei meu voto de confiança a Nitinho, pois representa a renovação na presidência daquela casa”, disse o vereador que obteve 2.657 votos.


 

R7 TORPEDO - DE OLHO NA MÍDIA
Gostou disso? Compartilhe!