Texto de Abrahão Crispim Filho

Uma vergonha olímpica essa hostilidade aos argentinos. Há uma rivalidade entre argentinos e brasileiros no esporte, é verdade. Mas o que aconteceu na Olimpíada na arquibancada, quando o clima anti – Argentina levou as duas torcidas às vias de fato com socos e pontapés é inadmissível. O Brasil está assim: é anti tudo o que não é espelho. Anti – petistas, anti – pobres, anti-gays, etc.

A Globo tem parte na promoção dessa cultura fascista. Quem nunca ouviu os comentaristas da Globo babando de satisfação ao dizerem que é bom vencer, mas vencer os argentinos é melhor ainda? Não vejo os vira – latas dizerem o mesmo dos americanos. Galvão Bueno quase chega a gemer quando fala Michael Phelps. Outro dia chegou ao ridículo de dizer que Michael Phelps é um “americano brasileiro”. Coisa de quem odeia ser latino – americano e se acha um brasileiro americano. Nojo.


R7 TORPEDO - DE OLHO NA MÍDIA
Gostou disso? Compartilhe!