Por Abrahão Crispim


© Fornecida por divulgação

A Greve Geral de 1917 foi a primeira da história do Brasil e teve grande importância em vários estados – principalmente em São Paulo. A radicalização ficou tão forte que o movimento grevista se recusou a negociar com os governos municipais, estaduais e nacional e com os representantes do patronato.

A sublevação era majoritariamente controlada pelos anarquistas e a solução encontrada foi criar um comitê dos órgãos de imprensa para fazer o meio de campo entre os grevistas, o patronato e o Estado. As reuniões desse “comitê de salvação” aconteciam na sede do jornal “O Estado de São Paulo”.

Ou seja, o movimento grevista concluiu os acordos que puseram fim às greves através de reuniões feitas na sede do Estadão! Quem pensa que a história é retilínea e sem contradições está deveras enganada. Não é assim que as coisas funcionam. Nunca foi.


 

R7 TORPEDO - DE OLHO NA MÍDIA
Gostou disso? Compartilhe!